ah, o "portifólio"...


Agradeço-lhe com afeto por ter chegado a esta página.

Mantenho este site há alguns anos para compartilhar o registro de projetos que venho realizando desde então. Há também textos críticos, uma ou outra nota que rabisquei, e o famigerado "currículo atualizado".

Entretanto, acredito que o formato "portifólio" diz muito pouco sobre o que pensamos, fazemos, erramos, desistimos, arriscamos, duvidamos, refletimos... e tudo mais que a gente procura com a arte para além de "projetos bem concluídos". Na verdade, acho que portifólios facilitam leituras mais esquematizantes e acabam nos engessando para as múltiplas possibilidades de leituras e trocas que a prática pode efetivamente desencadear.

Aqui à esquerda, há o registro de alguns trabalhos realizados; ali logo acima à direita, alguns textos publicados. Mas de tempos para cá, tenho me sentido mais confortável em compartilhar pensamentos e pesquisas através das redes sociais. Se você tiver curiosidade sobre o que realmente ando pensando e fazendo, não hesite em me procurar no facebook e no instagram. Ficarei feliz em conversarmos por lá sem a mediação desses códigos mais institucionalizados e cansados que um dia, com fé, vamos nos livrar.

Um abraço,

Alice

menas, 2017
desalfabeto, 2016
#zika, 2015-16
óia brigadeiro, 2013-15
oluap oãs, 2014-
hanafuda, 2012-13
natal em libras, 2012
bakemono, 2011
éter, 2008-09
quimera, 2007-09
dominó, 2008
ramen, 2008
estacionamento, 2008
atari, 2008-10
screensaver, 2007-10
aproximações, 2005-07
facebook | instagram | vimeo | contato Licença Creative Commons